Mudança de Cena

Somos uma organização sem fins lucrativos com a missão de promover os direitos humanos e a cidadania por meio de ações artísticas e educativas.

placeSão Paulo, SP
  • 0

    VAGAS CRIADAS
  • 0

    VOLUNTÁRIOS ENGAJADOS

Sobre a ONG

A instituição foi formalizada em 2002 e passou a atuar em São Paulo, outras localidades do Brasil e internacionalmente, pesquisando e difundindo a metodologia do Teatro de Augusto Boal e suas conexões com educação, desenvolvimento comunitário e direitos humanos.

Somos referência na formação de Teatro do Oprimido em São Paulo. Nossa expertise é criar modelos de projetos com a ferramenta do TO de acordo com a localidade, a cultura local, a necessidade dos parceiros envolvidos objetivando a melhoria da vida das pessoas e dos grupos.

Objetivos:

Promover educação, ética, paz, cidadania, democracia e direitos humanos por meio das artes;

Criar pesquisas e metodologias de teatro ou outras expressões artísticas eficazes para a intervenção social e o desenvolvimento humano;

Fomentar o diálogo ativo entre ONGs e agências governamentais a fim de promover a utilização da linguagem artística em projetos e programas de intervenção social;

Promover uma transformação social e o protagonismo da pessoa humana e a sustentabilidade socioambiental por meio das artes.

Visão:

Nossa equipe multidisciplinar composta de educadores Freirianos, pesquisadores, psicólogos, sociólogos, jornalistas, praticante do Teatro do Oprimido, atores e artistas plásticos, entre outros, possui a expertise de elaboração e execução de programas e projetos de promoção de direitos e de desenvolvimento sustentável desde a sua fundação.

Já realizamos diversos projetos na Zona Norte de São Paulo, em especial:

• Promotores Juvenis São Paulo (2015-2016) – parceria com a Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (SENAD) – Ministério da Justiça, o projeto visa formar 30 crianças e adolescentes para que se tornem multiplicadores na promoção de seus direitos, utilizando a metodologia lúdica do Teatro Fórum.

• Ponto de Cultura (2015-2016) – Parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e Ministério da Cultura, o projeto visa difundir a metodologia do Teatro do Oprimido, ampliar o acesso da juventude aos meios de produção, promover a circulação e o desenvolvimento cultural.

• EmQuadros (2015) – Parceria: Secretaria Municipal de Direitos Humanos de São Paulo/SP, Projeto Cicas e Centro Cultural da Juventude. O projeto visa a elaboração de um espetáculo de Teatro Fórum e sua circulação pela região para promover o diálogo sobre os direitos humanos da população jovem e a prevenção da violência.

• Juventudes (2018 - 2019) – Parceria: SESC Santana, formação de teatro e teatro do oprimido para jovens de 15 a 25 anos.


Endereço

Rua Ibéria, 642 - Vila Isolina Mazzei, São Paulo - SP, Brasil -

Causas

Voluntários

0 voluntários